Mathema Mathema

Como atribuir significado ao algoritmo convencional da divisão?

Neste curso você aprofundará seu conhecimento sobre como ensinar significativamente o algoritmo convencional da divisão, fornecendo elementos para que esta operação seja trabalhada nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Pensando nisso e atendendo à proposta da Base Nacional Comum Curricular (BNCC, 2017), vamos refletir sobre o ensino do algoritmo e analisar estratégias que levem à sua compreensão. Vamos estudar a importância da relação entre os termos da divisão e o Sistema de Numeração Decimal (SND) por meio de atividades que você poderá aplicar aos seus alunos em sala de aula. Você verá também como utilizar recursos que podem facilitar este ensino e aprendizagem.

Você aprenderá a:

• Refletir sobre a necessidade do ensino significativo do algoritmo convencional da divisão.

• Compreender a importância do algoritmo americano (ou das subtrações sucessivas) como um procedimento usado para calcular divisões.

• Explorar o ensino do algoritmo convencional, também chamado de processo longo da divisão, juntamente com o estudo sobre o Sistema de Numeração Decimal (SND).

• Discutir estratégias didáticas para trabalhar com o algoritmo convencional da divisão.

• Estudar as relações entre os termos da divisão e a análise do resto na resolução de divisões.

• Proporcionar o estudo de diferentes recursos que possam contribuir para o ensino e aprendizagem do algoritmo convencional.

•Sugerir atividades enriquecedoras envolvendo a divisão pelo algoritmo convencional, com alunos a partir do 4º ano.

• Analisar os registros dos erros comuns dos alunos ao resolver a divisão pelo algoritmo convencional e propor intervenções adequadas.

R$59,99

em até 2x
Carga Horária: 10 horas
Curso indicado para:
  • Anos Iniciais do Ensino Fundamental
Prazo para conclusão do curso:
45 dias
Modalidade do curso:
autoinstrucional

Percurso formativo:

Reflexão sobre a resolução da divisão pelo algoritmo convencional.

Videoaula que resgata os equívocos do aluno ao resolver o algoritmo da divisão, explicando a falta de relação ao SND (Sistema de Numeração Decimal) e explorando as vantagens de se ensinar o algoritmo convencional.

Explicação matemática de como ensinar a divisão pelo algoritmo convencional fazendo a relação com o SND (Sistema de Numeração Decimal). Representação de um exemplo do processo longo usando material dourado e relacionando ao valor posicional. Abordagem da passagem do algoritmo americano para o convencional.

Sugestão de prática para aplicar com os alunos usando fichas sobrepostas e realizando paralelamente o algoritmo convencional. A atividade deve proporcionar ao aluno sentido e significado ao que está sendo dividido, tornando clara a relação do algoritmo ao nosso sistema de numeração decimal.

Avaliar a aprendizagem do curso com foco na discussão de como intervir com o aluno para que ele relacione o algoritmo com o SND (Sistema de Numeração Decimal) e compreenda o processo de resolução.

Reflexão a respeito do uso da tabuada como recurso facilitador para resolução do algoritmo da divisão, estratégias para estimar o quociente, cálculo mental, verbalização e discussão de estratégias com a turma.

Sugestões de atividades em duplas ou grupos que trabalhem os termos da divisão com uso da calculadora, fazendo a relação com o algoritmo por meio de situações vivenciadas.

Análise de dois planejamentos de aula apresentando diferentes estratégias: pelo algoritmo convencional e explicitando a progressão nas séries escolares.

Diálogo entre professores destacando as estratégias de ensino do algoritmo da divisão, angústias e erros comuns dos alunos ao resolverem a divisão pelo algoritmo convencional.

Avaliando a aprendizagem.

Retomada do objetivo do curso.

Autoras

Eliane Zanin

Eliane Zanin

Formadora

Especialista na área da educação em Gestão de Pessoas pela UNIBEM e Gestão Pública pela UNICENTRO. É professora de escola pública nos anos iniciais do EF. Foi mentora do Time de Autores de Matemática, da área de números, na construção e publicação de Planos de Aula, alinhados à BNCC. Atuou junto à Associação Nova Escola como Revisora Pedagógica e Editora Técnica dos Planos de Matemática para o EF. Foi orientadora de estudos dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs), Pró-Letramento (na área da Matemática) e do PNAIC dos professores municipais, em Apucarana, PR. Atuou como professora no Ensino Superior, na FACED - Faculdade de Apucarana, e tutora presencial da UFPR em cursos de especialização para professores.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Como atribuir significado ao algoritmo convencional da divisão?”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X