Mathema Mathema

Problema no coração faz ex-atleta virar professor e “descobrir” a Matemática

Por Escrito em: 14/01/2020
Compartilhe nas suas redes:

Por Equipe Mathema

Já imaginou como seria se você mudasse toda sua carreira de repente? Essa é a história do professor Daniel Ribeiro da Costa, que sempre foi apaixonado por esportes e teve que traçar uma nova carreira, apaixonando-se por lecionar.

Em 2002, iniciou a carreira de professor dando aula em redes estaduais de ensino. Com o currículo repleto de conquistas, treinando equipes de futsal, tênis de mesa e xadrez, o professor conta que gosta de acompanhar de perto as transformações dos alunos. “Gosto de fazer a diferença na vida do aluno, não deixando que eles passem por mim e continuem da mesma forma que chegaram”, diz.

Há um ano sua relação com a Matemática mudou. Como ele mesmo descreve, os dois eram “um tanto distantes”. Porém, após participar da formação do Mathema ele afirma “que quer (a Matemática) muito mais perto”. Daniel encantou-se ao conhecer as diversas formas que existem de ensinar Matemática. Leia mais sobre  história do professor Daniel a seguir:

 

“Sou Daniel Ribeiro da Costa, tenho 39 anos e sempre fui atleta profissional de futebol de campo. Mas aos 17 anos fui diagnosticado com um problema no coração – bradicardia (diminuição na frequência cardíaca). Com isso, não pude mais atuar em esportes de alto nível e esforço. Então iniciei meu plano B: cursar Licenciatura Plena em Educação Física para trabalhar em escolas.

Sempre trabalhei no Ensino Médio da rede estadual de ensino, em São Paulo. De 2012 a 2018, além de lecionar  também treinei equipes de futsal, tênis de mesa e xadrez, chegando a ficar em 4° lugar no Estado de São Paulo com a equipe de Tênis de Mesa Feminino. Em 2019, resolvi mudar tudo e começar um novo desafio em uma escola de período integral.

[O ano passado] foi meu primeiro com turmas de Anos Iniciais.  Também sou professor colaborativo do 1°ano da professora Maria Helena. Ela é a professora referência, me inspiro nela por perceber a calma e a tranquilidade com que enfrenta os desafios a cada dia, a cada detalhe, alfabetizando os alunos sempre com um sorriso, paciência e tranquilidade. Isso me inspira!

Gosto de fazer a diferença na vida do aluno. Não deixo que eles passem por mim e continuem da mesma forma que chegaram. Esse desenvolvimento em todas as etapas da vida escolar me motiva, vendo de perto e sentindo a diferença de quando chegaram.

[O maior desafio da carreira] é manter os alunos concentrados com tantas distrações que a vida oferece. Quando percebo que os alunos já aprenderam certo desafio, oriento para que ajudem os que estão com dificuldades.

Antes de participar da formação do Mathema, [minha relação com a Matemática] era distante. Hoje a quero mais perto. Percebi que há formas diferentes de ensinar e aprender Matemática. Não conhecia essa forma de ensinar, não fui ensinado assim. Quando transmito os conhecimentos adquiridos aos alunos, percebo o qnto poderia ter feito a diferença na minha vida“.

 

E você, gostou da história do professor Daniel? Então deixe seu comentário! E se quiser compartilhar a sua história conosco, escreva para contato@mathema.com.br. Esperamos você!

Conta pra gente: qual sua opinião sobre esse texto?

Todos os campos devem ser preenchidos.
Seu e-mail não será publicado.

1 Comentário para “Problema no coração faz ex-atleta virar professor e “descobrir” a Matemática”

  1. AvatarGeysa disse:

    Parabéns Daniel! Você mudou a vida de muitos alunos. Seu compro.isso e competência faz valer a educaçao.

X