Mathema Mathema

Como reduzir a evasão escolar? Descubra aqui!

Por Escrito em: 31/03/2021
Compartilhe nas suas redes: [addtoany]

Um dos principais desafios dos gestores é saber como evitar a perda de alunos na escola. O primeiro passo para eliminar esse problema é entender as causas que levam o estudante a optar por outra escola. As razões mais comuns estão relacionadas ao descontentamento com a instituição de ensino, tanto por parte dos estudantes quanto por parte dos pais.

Além disso, os motivos para a perda de alunos podem estar ligados à dificuldade no aprendizado, falha na comunicação com os pais, desinteresse do estudante, falta de qualidade no ensino, entre outros fatores.

Como você pode observar, o problema existe e não pode ser ignorado. Pensando nisso, separamos algumas dicas para ajudar você a evitar a perda de alunos na escola. Acompanhe!

Mapear os pontos fracos da escola

Vamos começar com um diagnóstico honesto sobre a sua instituição de ensino. Nesse momento, é interessante se reunir com a sua equipe para identificar quais são os pontos fracos da escola para, então, tomar as medidas necessárias para melhorar a experiência dos estudantes e dos pais.

Desse modo, é interessante levantar os questionamentos que listamos abaixo. Veja!

  • O corpo docente é qualificado para ministrar aulas com excelência e criatividade?
  • Os professores têm à sua disposição ferramentas e outros recursos necessários para garantir uma aula de qualidade?
  • As metodologias de ensino utilizadas são eficientes?
  • A infraestrutura da escola deixa a desejar?
  • A administração da escola precisa melhorar?
  • É preciso dar mais atenção às queixas dos pais e estudantes?

Com essas informações em mãos, você consegue ter uma direção mais clara sobre quais decisões precisa tomar para que melhorias sejam feitas na instituição e, com isso, a satisfação dos pais e estudantes possa ser melhorada, assim como o relacionamento com eles.

Investir em tecnologia

A tecnologia pode revolucionar a maneira como os seus professores ministram as aulas e, ainda, melhorar a absorção do conteúdo por parte dos seus estudantes. É importante ter em mente que a conectividade da web está cada vez mais presente no dia a dia das pessoas, por isso, utilizá-la ao seu favor é essencial para evitar a perda de alunos na escola.

A tecnologia consegue canalizar a curiosidade e atenção dos estudantes para determinados assuntos. Dependendo do tipo de abordagem, ficará muito mais fácil ensinar a eles conceitos importantes de matemática, física, química e outras matérias.

É claro que a tecnologia não pode ser observada como um fim, mas apenas um caminho que ajudará o professor a alcançar o seu objetivo em sala de aula: fazer com que os estudantes compreendam o conteúdo ministrado.

Realizar projetos interdisciplinares

Quando os professores e até mesmo o material didático da escola focam demasiadamente na memorização de conceitos das disciplinas, o estudante não consegue entender que todos os campos de conhecimento estão conectados. Por exemplo, eles não entendem que os processos biológicos dependem dos químicos e físicos.

Isso faz com que o ensino tenha gargalos difíceis de serem resolvidos. A aprendizagem não é eficaz e, com isso, há uma grande insatisfação principalmente por parte dos pais. Nesse momento, a realização de projetos interdisciplinares pode ser a chave para eliminar esse problema e garantir a permanência do estudante na escola.

Por meio dessa atividade, o estudante consegue perceber que há uma conexão real entre o que ele aprende e o contexto em que ele vive. Os projetos interdisciplinares estimulam o engajamento, permitindo que ocorra uma construção efetiva de conhecimento

Investir em novas metodologias de ensino

Por fim, mas não menos importante, você deve avaliar a eficácia do método de ensino utilizado em sua escola. Será que as aulas e atividades realizadas realmente agregam conhecimento e despertam a curiosidade dos estudantes? Esse ponto é fundamental para saber se as metodologias empregadas apresentam resultados positivos na aprendizagem.

Ouça os seus estudantes para entender o que é preciso fazer para tornar as aulas mais atraentes, garantindo que eles possam aplicar o que foi aprendido em sala de aula no seu dia a dia.

O Mathema, por exemplo, desenvolve soluções educacionais inovadoras que tornam o ensino da Matemática muito mais dinâmico, fazendo com que as vivências em sala de aula sejam transformadoras.

Já o Programa Ciranda é destinado para crianças de 2 a 5 anos e ensina que todo lugar é lugar de aprender. Ele traz a criança para o centro do processo de aprendizagem, promovendo vivências que a instigam a aprender brincando.

Agora você já sabe como evitar a perda de alunos na escola! Reduzir esse problema favorece a sua instituição, uma vez que ela terá mais recursos financeiros para investir em infraestrutura, formação continuada do corpo docente e até mesmo em novas metodologias de ensino para melhorar cada vez mais a aprendizagem dos seus alunos. Traga os pais e estudantes para mais perto da sua escola e fortaleça o relacionamento com eles!

 

Ficou com alguma dúvida ou quer compartilhar suas experiências? Deixe um comentário aqui embaixo. Vamos adorar interagir com você!

Conta pra gente: qual sua opinião sobre esse texto?

Todos os campos devem ser preenchidos.
Seu e-mail não será publicado.

s
X