Mathema Mathema

Como elaborar um planejamento pedagógico estratégico

Por Escrito em: 05/04/2021
Compartilhe nas suas redes: [addtoany]

O planejamento estratégico escolar é importante porque ele tem o compromisso ético de oferecer uma formação de qualidade para os estudantes. Logo, quando a escola conta com um planejamento estratégico bem desenvolvido e estruturado, ela consegue melhorar cada vez mais o ensino oferecido.

Por meio desse processo, o gestor consegue definir metas de matrícula de alunos, desempenho de professores, entre outras questões importantes para o crescimento da sua instituição de ensino.

Este artigo vai ajudar você a montar o seu planejamento estratégico escolar de maneira eficiente, a fim de estabelecer uma cultura sólida para a sua instituição, permitindo que eles sejam internalizados por quem faz parte da escola. Acompanhe nosso passo a passo!

1. Estude o funcionamento da sua escola

Para planejar o futuro da sua instituição de ensino, você precisa entender como ela está hoje. Nesse sentido, comece realizando um diagnóstico completo da sua escola, a fim de identificar pontos de melhoria para mapear os processos adequadamente. Dessa forma, será possível entender detalhadamente como a escola funciona.

Para ter em mãos dados reais, é preciso mensurar os dados atuais. Para isso, é importante coletar informações referentes aos professores, estudantes, número de matrículas, reputação da marca, entre outros elementos considerados fundamentais para o crescimento da instituição.

Com o auxílio de indicadores de desempenho, será possível entender quais são os gargalos que impedem a escola de atrair mais alunos e se destacar da concorrência.

2. Faça um cronograma

O cronograma da escola é indispensável para nortear toda a equipe pedagógica sobre as atividades do ano letivo. Nesse documento devem constar as seguintes informações:

  • data do início do ano letivo;
  • quantos e quais dias serão considerados como letivos;
  • os feriados e recessos;
  • as festas e comemorações;
  • as datas das reuniões de formação com os professores.

Com essas datas definidas, ainda é necessário complementar o cronograma com outras informações importantes para a organização das atividades escolares. Ou seja, é preciso definir os temas e como as comemorações festivas serão realizadas.

Também é preciso definir a grade de horários das aulas de acordo com a disponibilidade de cada professor, a fim de estabelecer em que período do ano um projeto será mais adequado, já marcando sua data de início e fim, e as turmas ou disciplinas que serão envolvidas nele.

3. Converse com seus colaboradores

Entender o ponto de vista dos seus colaboradores é fundamental para fazer um planejamento estratégico escolar eficaz. Eles são essenciais para auxiliar na análise atual da instituição e no diagnóstico dos pontos fracos da escola. Além disso, eles podem oferecer insights valiosos sobre o futuro que — juntos — pretendem construir e sobre a cultura que está sendo transmitida.

Uma ideia interessante é aplicar questionários e realizar entrevistas com todos os colaboradores, desde o coordenador pedagógico até a equipe responsável pela limpeza e manutenção da escola. Investir em grupos de conversas é uma ótima oportunidade para trocar ideias sobre a atual situação da escola.

4. Analise os dados

A análise de dados é uma parte indispensável do planejamento estratégico escolar. Por meio dessa análise, o gestor consegue identificar quais ações estão funcionando e o que não está dando tão certo como ele imaginava.

Essa análise de dados deve basear a sua tomada de decisão, mantendo algumas ações e modificando outras. De preferência, peça a opinião dos seus colaboradores, a fim de que a análise não seja baseada em apenas um ponto de vista.

Uma ação interessante é elaborar questionários, tanto para os estudantes quanto para os pais. Assim, além de entender a experiência de cada um deles com a gestão escolar, você consegue melhorar o relacionamento com eles.

5. Proponha melhorias

Ao chegar até aqui, você já conseguiu identificar o que pode ser melhorado em sua instituição de ensino. Portanto, agora é o momento de propor reformas na infraestrutura da escola, a troca do material didático, a inserção de novas metodologias, a aquisição de novos equipamentos, entre outras ações importantes para o crescimento da instituição que visam melhorar a qualidade do ensino.

Você pode inserir as crianças nesse processo de melhoria por meio de projetos. Por exemplo, se há um grande consumo de água, é interessante realizar um projeto que tem como objetivo conscientizar sobre a importância da economia de água.

Fazer um bom planejamento estratégico escolar é garantir que todo o trabalho que será realizado na escola durante aquele ano letivo correrá em direção a um mesmo objetivo. Por isso ele é tão importante.

O Programa Ciranda pode ajudar a sua escola no planejamento pedagógico da educação infantil, pois oferece um sistema de ensino potente, completo e exclusivo totalmente alinhado à BNCC.

Além disso, nossa Formação Continuada e assessoria pedagógica embasam, orientam e dão suporte às atividades escolares como um todo e também ao planejamento pedagógico anual.

Sendo assim, não deixe de seguir nossas dicas para elaborar um planejamento adequado e eficaz.

Se você ficou com algum questionamento sobre o assunto, deixe um comentário aqui embaixo para que possamos ajudar você!

 

Conta pra gente: qual sua opinião sobre esse texto?

Todos os campos devem ser preenchidos.
Seu e-mail não será publicado.

s
X