Mathema Mathema

Projeto de Vida como Componente Curricular

Por Escrito em: 08/07/2021
Compartilhe nas suas redes: [addtoany]

Com a aprovação da Lei 13.415/2017, os currículos do Ensino Médio deverão considerar a formação integral do estudante, ou seja, a escola deverá adotar um trabalho voltado para a construção do seu Projeto de Vida e para a sua formação nos aspectos físicos, cognitivos e socioemocionais.

 

Com o Projeto de Vida é possível arquitetar, conceber e moldar o que está por vir. Neste artigo vamos falar sobre a importância do Projeto de Vida como Componente Curricular e como os estudantes se beneficiarão dele. Acompanhe!

Projeto de vida e sua importância na vida do estudante

Com o Projeto de Vida, os estudantes terão a oportunidade de ter experiências para aprender sobre os novos desafios da contemporaneidade, sobre a realidade e se preparar para tomar decisões. Eles se formarão como sujeitos críticos, autônomos, criativos e responsáveis. Além disso, outras experiências serão trabalhadas de forma integrada, tais como:

  • dar sentido às aprendizagens por meio dos desafios propostos e esclarecimento dos contextos de produção e circulação dos conhecimentos;
  • garantir o protagonismo dos estudantes em sua aprendizagem e desenvolvimento de suas capacidades, as quais são essenciais para a sua autonomia profissional, pessoal, política e intelectual;
  • valorizar os papéis sociais desempenhados pelos estudantes, qualificando os processos de construção do seu Projeto de Vida e de sua identidade;
  • oferecer tempo e espaço para que os estudantes possam refletir sobre suas experiências e aprendizagens pessoais e interpessoais, a fim de que eles aprendam a valorizar o seu conhecimento e confiar na sua capacidade de aprender;
  • desenvolver no estudante a capacidade de trabalhar em grupo, promovendo, assim, uma aprendizagem colaborativa, na qual eles aprendem com seus pares.

Projeto de vida como articulador curricular

No Projeto de Vida o estudante se conhecerá melhor, refletirá sobre suas aptidões e seus interesses e fará escolhas sobre sua trajetória escolar na construção.

Inclusive, é importante ter em mente que o Projeto de Vida não pertence à parte flexível e deve estar presente nos 3 anos do Ensino Médio. O Projeto de Vida não deve ser confundido como uma escolha profissional, tampouco está desatrelado a ela. Nesse caso, o estudante poderá escolher, entre diferentes percursos, a formação que mais se ajusta às suas aparições e ao seu projeto de vida.

É papel da escola auxiliar os estudantes a aprender a se reconhecer como sujeitos, considerando suas potencialidades e relevância dos modos de participação e intervenção social na concretização do seu projeto de vida. A ampliação da percepção das possibilidades para o futuro é fundamental para garantir o sucesso na construção do seu Projeto de Vida.

Nesse sentido, é essencial que seja destinada uma carga horária específica para desenvolvimento do projeto de vida dos estudantes.

 

Projeto de Vida na prática

O Projeto de Vida é um Componente Curricular do Novo Ensino Médio, portanto, ele deve estar presente nos 3 anos do Ensino Médio em todas as Redes e escolas particulares. Por meio dele, o estudante poderá desenvolver seu autoconhecimento e planos para o futuro, tornando-se protagonista da sua própria jornada.

O papel da escola, nesse momento, é ajudar os estudantes a se reconhecerem como sujeitos, levando em consideração suas potencialidades na concretização do seu Projeto de Vida. Dessa forma, além de enxergarem novas oportunidades de crescimento para o seu futuro, os estudantes conseguem experimentar as interações com o outro e com o mundo, valorizando a diversidade.

Vale destacar que o Projeto de Vida na escola deve ser abordado em três dimensões diferentes: pessoal, social e profissional. Essas dimensões são essenciais para o conhecimento de planejamento do futuro do estudante.

Mas como fazer isso? Muitos gestores e mantenedores estão com essa mesma dúvida e não sabem como implementar o Projeto de Vida em sua rede ou escola. Pensando nisso, nós, do Mathema, desenvolvemos uma solução para ajudar você nesse momento tão delicado.

Oferecemos uma formação continuada para diretores, coordenadores e professores do ensino Médio de todas as áreas de conhecimento.

O objetivo é ajudar você, gestor de escola, a implementar as mudanças que ocorrerão no Ensino Médio nos próximos anos e formar sua equipe para que esteja alinhada e segura quanto às mudanças, visando melhores resultados de aprendizagem dos seus estudantes.

Nossa formação funciona da seguinte forma:

  • oferecemos encontros remotos síncronos para estudo e discussão com toda a equipe sobre as alterações presentes no novo Ensino Médio e produção coletiva de orientações para implementação em 2022 nas condições adequadas à nova legislação;
  • oferecemos orientação para análises dos conhecimentos e orientação para práticas das equipes;
  • realizamos reuniões remotas síncronas com equipe diretora para acompanhamento e avaliação do processo dessa assessoria.

Você não está sozinho nessa missão! Vamos juntos melhorar a qualidade do ensino da sua Rede ou escola sem deixar de cumprir com as exigências da BNCC.

 

Entre em contato conosco agora mesmo e saiba como podemos ajudar você!

Conta pra gente: qual sua opinião sobre esse texto?

Todos os campos devem ser preenchidos.
Seu e-mail não será publicado.

s
X