Mathema Mathema

Das aulas de administração, para a prática com cálculos

Por Escrito em: 08/10/2019 | Atualizado em 22/10/2019
Compartilhe nas suas redes:

Por Equipe Mathema

Florinda Santos de Brito, nascida em Bom Jesus, no Piauí, acredita muito no poder do conhecimento. O encanto pela sala de aula começou ao lecionar em um curso técnico de Administração. Para ela, dedicação é a palavra que define a profissão. “[Professor é] Um profissional que transforma pessoas, que às vezes é pai, mãe, amigo, psicólogo. Um batalhador que tem desafios diários”.

Confiante na crença que cada um pode contribuir para um mundo melhor, Florinda sempre gostou de números. “No Ensino Médio, escrevia os cálculos nas provas mesmo sabendo responder ‘de cabeça'”, lembra. Sua relação com o Mathema começou este ano. Ela conta que já aderiu a várias metodologias que a ajudam a despertar cada vez mais o desejo dos alunos pela Matemática.

Quer conhecer mais sobre a Florinda? Confira:

1. Como decidiu se tornar professora?

Após a conclusão em Administração, fui lecionar em cursos técnicos. Foi aí que começou o meu encanto por sala de aula. Logo comecei a cursar a licenciatura em Matemática, afinal sempre gostei de cálculos. E antes mesmo de concluir o curso já estava em sala.

2. Por que você faz esse trabalho?

Acredito que cada um pode dar sua contribuição para um mundo melhor.

3. O que te motiva a dar aulas?

Saber que eu posso passar conhecimento para as pessoas, tornando-as melhores. Que eu posso, de uma certa forma, ajudá-las com seus objetivos. Sem contar no carinho recebido dos alunos.

4. Qual é o maior desafio dessa profissão?

A desvalorização do professor.

5. O que sente ao ver seus alunos evoluindo na aprendizagem?

Uma sensação de dever comprido e satisfação em fazer parte dessa evolução.

6. Quem é a sua maior inspiração para ensinar?

Em Matemática é o meu professor do Ensino Médio, Egnilson.

7. Há alguma lembrança especial dos tempos em que você era aluna?

Lembro que nas provas do Ensino Médio sempre colocava os cálculos, mesmo sabendo responder ‘de cabeça’.

8. Qual a melhor coisa em ser professora?

Poder transmitir conhecimento e aprender e evoluir cada vez mais.

9. Se você fosse uma música ou um personagem, qual seria?

O professor – Tania Maya

10. Se fosse definir a sua profissão em uma palavra, qual seria?

Dedicação.

11. O que significa ser educador para você?

Um profissional que transforma pessoas, que às vezes é pai, mãe, amigo, psicólogo. Um batalhador que tem desafios diários.

12. Qual momento na sua vivência de educadora mais te tocou?

Quando fazendo uma dinâmica na aula de matemática questionei os alunos por que gostavam da matéria. E eles responderam que era por causa da professora, no caso eu.

13. Quando conheceu o Mathema?

Conheci este ano. Entrei bem depois do curso ter começado e gostei tanto que corri contra o tempo para colocar todo o assunto em dia e acompanhar a turma.

14. O que mudou quando o Mathema passou a fazer parte do seu dia a dia no trabalho?

Já aderi a algumas metodologias do Mathema e coloquei em prática a fim de promover o aprendizado de uma forma mais interessante, fazendo com que o aluno desperte cada vez mais o desejo pela Matemática.

 

Gostou da história da Florinda? Você também pode fazer parte da série #históriasdeprofessor, enviando um e-mail para comunicacao@mathema.com.br.

 

 

Conta pra gente: qual sua opinião sobre esse texto?

Todos os campos devem ser preenchidos.
Seu e-mail não será publicado.

4 Comentários para “Das aulas de administração, para a prática com cálculos”

  1. AvatarRoseli Oliveira disse:

    Parabéns, Florinda! Vc é uma profissional muito decidida e tem uma auto estima super importante para motivar também os alunos, siga em frente!

  2. AvatarFrancisca Inês do Nascimento. disse:

    Parabéns Florinda como sempre muito dedicada no que faz…..

  3. AvatarRonaira disse:

    Parabéns tiaaaaa😍😍😍😍😍 melhor professora

  4. AvatarRODOLPHO DE ALMEIDA OLIVEIRA disse:

    Parabéns Flor… Por mais profissionais assim como vc!!!

X