Mathema Mathema
Livro Dez Patinhos

DEZ PATINHOS

Por Escrito em: 30/05/2019 | Atualizado em 04/06/2019
Compartilhe nas suas redes:

Objetivos

  • Comparar pequenas quantidades;
  • Realizar contagem;
  • Desenvolver a linguagem oral;
  • Perceber noções de subtração;
  • Levantar e testar hipóteses.

Recomendação

Crianças de 3 e 4 anos

Organizado por

Bruna Maia

Descrição da atividade

A realização da proposta apoia-se na exploração do livro “Dez patinhos”, de Graça Lima (Companhia das Letrinhas). Por meio da obra, é possível realizar a contagem até 10, tanto em ordem descendente (ou decrescente), como aparece no livro, quanto em ordem crescente (ou ascendente). Além disso, também é possível comparar quantidades, refletindo com as crianças quando há mais ou menos patinhos.

O livro, que brinca com rimas e ilustrações bem-humoradas, conta a história de nove patinhos que vivem muitas aventuras e depois encontram um novo amigo. Sugerimos que essa sequência didática seja explorada com os alunos uma ou duas vezes por semana, primeiro em rodas de leitura, depois em tempos especialmente planejados para ela nos momentos em que se trabalha atividades de matemática.

1ª etapa

Apresente, em roda, o livro “Dez patinhos” às crianças, sem informar-lhes ainda o título, que pode estar coberto com uma tira de papel para instigar a curiosidade delas. Deixe que apreciem a capa e comentem o que estão vendo. Estimule-as a descobrir o título e do que trata a história.

Algumas sugestões de perguntas que podem ser feitas nesse momento:

  • O que aparece na capa deste livro?
  • Que animais são esses? Onde eles estão?
  • E esses outros? O que estão fazendo aqui em cima?
  • Há mais algum animal na cena? Será que ele também participa da história?
  • Todos os patinhos estão fazendo a mesma coisa?
  • Todos estão aparecendo de corpo inteiro?
  • Que título (nome) vocês dariam para a história que vamos ler?

Por fim, retire a faixa de papel e conte a elas qual é o título da história e o nome da autora. Conte com as crianças os patinhos. Estimule a descobrirem onde está o décimo, e veja se percebem que está mergulhando, apenas com os pés de fora da água.

Depois de toda exploração, leia e mostre, após a leitura de cada página, as imagens às crianças.

2ª etapa 

Após alguns dias, mostre novamente a capa do livro e pergunte às crianças quem se lembra da história. Estimule-as a recontar a história, complementando a fala do colega.

Leia a história novamente, mas, desta vez, a cada número que aparecer, conte os patinhos, conferindo as quantidades com as crianças. A todo o momento, a cada nova ação, reitere a pergunta: E agora, quantos patinhos sobraram?

3ª etapa

Organize duplas de trabalho e dê canetas hidrocolor a elas. Solicite que uma ajude a outra a desenhar os patinhos da história nos dedos. Se preferir, confeccione luvas com as crianças, em que em cada dedo representará um patinho. Deixe que brinquem um pouco com os dedos desenhados ou com a luva e, depois, leia a história novamente e peça para irem abaixando os dedos conforme os patinhos vão saindo da história.

 

Fantoches patinhos

 

 

4ª etapa

Conte com as crianças de 1 a 10 e depois, como na história, estimule-os a contar em ordem decrescente, de 10 até 1. Em seguida, converse com a turma se conhece músicas em que aparecem os números, assim como nessa história e, em roda, cantem as músicas conhecidas, observando se os números aparecem do menor para o maior ou do maior para o menor (não é necessário falar com as crianças sobre a terminologia “ordem crescente e decrescente”, pois isso não é expectativa para essa faixa etária).

Algumas sugestões de cantigas infantis com recitação numérica:

  • Indiozinhos – domínio público;
  • Cinco patinhos – Xuxa;
  • Mariana – Galinha Pintadinha;
  • A galinha do vizinho – domínio público.

5ª etapa

Retome com os alunos a história “Dez patinhos”, de Graça Lima. Antes de ler o livro, estimule-os novamente a recontar a história, complementando a fala do colega. Ao final, proponha que façam o registro da parte da história que mais gostaram.

Assim que terminarem, organize as crianças em roda e peça para que comentem a respeito de seu desenho. É importante aqui que todos possam se expressar oralmente e que essa proposta seja realizada imediatamente ao registro, na mesma aula, para que se lembrem do que desenharam.

Muitas vezes, o pensamento das crianças pequenas não é linear e elas acabam contando outros fatos em roda ou fazendo outras associações com o desenho para além do livro. Procure fazer intervenções para que retornem ao tema da roda, sempre que necessário. Algumas possibilidades de intervenções:

  • Quem quer contar sobre seu desenho?
  • Será que isso aconteceu na história? O que aconteceu na história mesmo?
  • Alguém registrou essa mesma parte da história?

Outras histórias

A narrativa sugerida nessa sequência didática é conhecida como tangolomango, que é uma expressão artística manifestada na literatura ou na dança em que a cada momento, sai um personagem. É uma espécie de história de acumulação, mas às avessas, que trabalha com a ideia de subtração ou contagem decrescente.

Para essa faixa etária, há outras sugestões de títulos de literatura infantil:

  • Dez numa cama – Penny Dale (Edições Asa)
  • Dez ursos na cama – um livro para contar e sentir (Lafonte)
  • Dez monstrinhos – Emma Treehouse (Larousse)
  • Dez sacizinhos – Tatiana Belinky (Paulinas)
  • Eram dez lagartas… – Debbie Tarbett (Ciranda Cultural)
  • Chá das dez – Celso Sisto (Aletria Editora)

Livros-infantis-contagem

 

Para saber mais

SMOLE, K. S e outras. Era uma vez na matemática: uma conexão com a literatura infantil. CAEM-IME-USP, 2014.

Conta pra gente: qual sua opinião sobre esse texto?

Todos os campos devem ser preenchidos.
Seu e-mail não será publicado.