Mathema Mathema

GANHA QUEM CHEGA A ZERO

Por Escrito em: 24/05/2019 | Atualizado em 27/05/2019
Compartilhe nas suas redes:

As operações com números inteiros e a familiaridade com as operações de adição e subtração de números negativos são os objetivos desta dinâmica a ser aplicada aos alunos dos Anos Finais do Ensino Fundamental. Além disso, o jogo permite a leitura, a interpretação e a produção de textos matemáticos com a utilização de conceitos matemáticos na resolução de situações-problema.

Material

  • 40 cartas numeradas de -10 a + 10 (duas de cada);
  • 10 cartas com o sinal +;
  • 10 cartas com o sinal –;
  • papel para registro.

Jogadores: Duplas

Regras

As cartas com números são embaralhadas e organizadas numa pilha, viradas para baixo. As cartas com sinais são embaralhadas e organizadas numa outra pilha, também viradas para baixo.

Na primeira rodada, cada jogador sorteia uma carta com número e outra com sinal e compõe um número. Por exemplo, se tirar -2 e um – , seu número será – (-2) = +2; o número +2 deve ser marcado numa folha.

Na rodada seguinte, o procedimento é o mesmo, mas o novo número deve ser adicionado ao anterior. No caso do exemplo acima, se o jogador tirar -3 e o sinal +, deve fazer: + 2 + (-3) = -1, que será o próximo total com o qual irá operar.Após dez rodadas, ganha o jogador cujo total for mais próximo de zero.

O professor deve  observar como os alunos realizam os registros no momento do jogo, pode ser que surjam escritas do tipo: + 2 – 3 = -1 + 4 = 3 + 4 = 7. O registro pode levar a uma discussão a respeito do sinal da igualdade, através de questionamentos do tipo: “É verdade que +2 – 3 = 7?”, “As escritas algébricas são equivalentes?”. Trata de discutir o rigor necessário na escrita matemática que se difere da linguagem falada.Também é importante observar se os alunos registram – (-5), por exemplo ou direto + 5.

A partir das observações realizadas procure incentivar os registros na dupla, permita que socializem as descobertas garantindo que todos se posicionem, promovendo a discussão. Neste momento, organize as idéias que surgiram.

Utilize o jogo mais que uma vez, para que os alunos possam rever, ampliar e aprofundar os significados das noções matemáticas. O jogo deve permitir processos de reflexão sobre as noções trabalhadas.

É fundamental que os alunos realizem uma produção de texto, destacando o que aprenderam com o jogo. Este texto servirá para você e seus alunos avaliarem o que sabem, onde ainda há dúvidas, quais investimentos são necessários fazer.

 

Organizado por Cristiane Chica, Gestora Pedagógica do Grupo do Mathema

Conta pra gente: qual sua opinião sobre esse texto?

Todos os campos devem ser preenchidos.
Seu e-mail não será publicado.

X